quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Relato do Dudu MS sobre o voo do recorde em Tacima






 Bom galera, meta dos 500 alcançada, que venham os 600 agora...!
 Em 2006 vim pro Nordeste a primeira vez com Chico Santos, Moikano, Dan, Didi e Serjão, desde então todo ano por aqui aprimorando o meu XC e prospectando as rotas.
 Depois do recorde do André Wolf de 454km  em Quixadá, achei que seria melhor decolar de algum lugar mais a leste, para ter o voo do sertão pelos 500 km a serem percorridos, que estavam latentes em meus pensamentos.
 Thales vivia me convidado para ir voar em Tacima (Araruna) e na primeira temporada que lá voei tive convicção que o sitio e a rota seriam perfeitos para os 500.
 A rampa tem 150 metros de altura... É natural, de pedra, tem um shape perfeito, o vento entra liso mesmo sendo forte. está a 10 minutos da pousada do Edvaldo.
Despertador tocou 4.45am; 6.05am saindo da pousada; 7.46am no AR! 
 não perdemos muito tempo no lift, 8.06 estavamos na base, 1000m do mar, apenas 400m acima do primeiro platô, por isso saimos conservador, no piriri, pelos primeiros 20km. na primeira hora de voo, 40 km. Deixamos Santa Cruz a direita e depois de Campo Redondo foi só alegria! O Glauco me mostrou um cloud street animal a direita, já chegando no platô de Lagoa Nova, com 2 horas de voo, 120km, teto 1750. Nos perdemos do Dudu de Brasilia, e o voo continuou muito rápido. 
 O teto não tava alto (1800m), as térmicas não estavam fortes(3m/s), e nem o vento tão forte, 25km/h (algumas vezes vi 35km/h). Mas é muito constante, tem muita térmica! e os entreciclos foram pequenos.
 A média vinha caindo, mas o céu sempre bonito, e o parceiro Glauco sempre voando por perto, o Dudu DF apenas no radio. Na cabeça os 500, é possivel!
 Passamos aberto a direita do açude do Castanhão, depois a esquerda de Quixadá, bem em cima da pousada do Almeida na Joatama. 3.10pm
 Dali pra frente as nuvens já não estavam tão agrupadas, desisti de Tamboril que era o gol, e comecei a seguir o melhor caminho, navegando pelo conhecimento adquirido nestes 7 anos de nordeste.
Atravessamos alguns azuis, me perdi do Glauco, o vento foi virando quase pra sul, se jogasse caudal total, poderia ir parar nas robadas da serra do Machado, que acabamos tangenciando, 498, 499... demorou uma eternidade para girar: 500!
um vale estreito a ser seguido, mais um piriri; será que cruzo esta ultima roubada? achei um pouso, no leito da estrada de terra, vento quase alinhado, pouso perfeito, 530km!
Dali pra frente aquela hospitalidade cearense, toda a comunidade em volta, meu corpo moido, as meninas tirando foto e perguntando se eu tenho feicibuqui...
Banho de caneca, nao tem agua encanada, arroz com frango e suco de manga na casa do seu Edilson, deito na rede por uma hora e o resgate, o Ricardo de BSB ja estava lá, resgatado as 8 pm, perfeito.
As 10pm ja estavamos os 3 no hotel em Santa Quitéria.
É isso, obrigado a todos de que alguma maneira nos ajudaram, pois sózinhos não somos nada!
Ah, agora estamos na estrada voltando, logo mais o Edvaldo da pousada de Araruna vai assar um bode, tava prometido faziam 3 anos!

Enviado por Eduardo Oliveira (DUDU MS) em 16/10/2013 (dia seguinte ao voo)


http://xcbrasil.com.br/leonardo/flight/81578  (Tracklog do Voo do Glauco Pinto)
http://xcbrasil.com.br/leonardo/flight/81579  (Tracklog do Voo do Eduardo Oliveira "Dudu MS")





2 comentários:

Frazão disse...

Parabéns!!! voo livre na veia...

Brenno Meneghel disse...

muito bom!