sábado, 12 de janeiro de 2008

81 Km de vôo com muitos CBs



Antes de começar a formar o CB


CB desaguando no Cindacta (Pico do Couto)

Eu e Salame fomos para Petropolis e os Cirrus escondiam a condição de voo que se formaria.

Decolei às 14:45h com um CB no Cindacta e em 3 minutos eu já estava fugindo dele alto para o lado de Macacú.

Logo após decolar eu recomendei pelo radio que o Salame não decolasse em função da velocidade de voo que seria necessaria para fugir deste e de outros CBs que e formavam acima das cordilheiras.

Quem estava no chão e me viu voando avaliou a condição como absurda e tenho que concordar com eles.

Se tudo desse certo (e felizmente deu) haveria forma de fazer um vôo seguro, mas as chances de dar "M." eram grandes.

Classifiquei este vôo no tópico de "Cagadas homéricas" para que eu e demais pilotos não tomemos o vôo próximo de CBs como uma prática viável.

Fica o aprendizado!


Tracklog do vôo

Um comentário:

Rafael disse...

Erick, muito legal a sua atitude de reflexão e humildade. Muitas vezes quando as coisas dão certo nós insistimos em dizer que fizemos o certo em função do resultado. No caso desse seu vôo é muito legal você ter reconhecido que embora tenha dado tudo certo a sua atitude ao decolar foi errada. Parabéns!!! Abs